O livro apresenta artigos e painéis de convidados do cenário da música pop e pesquisadores nacionais apresentados no Simpósio Mapeando Cenas da Música Pop, realizado em 2016 em Porto Alegre.

 

Mapeando cenas da música pop:
cidades, mediações e arquivos
Volume 1


Adriana Amaral et al.
Paraíba: Marca de Fantasia, 2017.
263p. Edição digital. R$ 5,00
ISBN 978-85-67732-82-4

A escolha de objetos de estudo e pesquisa no âmbito dos cursos de graduação e pós-graduação na área da comunicação tem exigido um olhar atento por parte de discentes e docentes. Até então, a prática vigente era optar pelas mídias e meios tradicionais, rádio, TV e jornal, tematizando suas interlocuções com a sociedade. Entretanto, os reflexos da convergência cultural, análises sobre os usos e reinvenções das redes sociais, estudos dos fandoms e abordagens sobre as múltiplas faces da cultura pop vêm ganhando cada vez mais espaço e reconhecimento.

O trabalho do projeto de pesquisa POA Music Scenes (PPG-Comunicação Unisinos, São Leopoldo-BR/Universidade de Salford, Manchester-UK), de modo pioneiro e perene no Rio Grande do Sul, vai ao encontro destas temáticas relevantes e presentes no imaginário da sociedade contemporânea. Sem estabelecer hierarquias ou significâncias estreitas, fornece ao público consumidor e interessados na música em geral, um mapeamento de cenas musicais de rock e música eletrônica de Porto Alegre, seguido de respectiva análise destes dados, inspirando-se em iniciativas realizadas em Manchester de acordo com seus shows, clubs, selos e gravadoras, lojas de discos, personalidades e outros locais no contexto de suas respectivas indústrias criativas.

Após dois anos e meio de trabalho, o Simpósio Mapeando Cenas da Música Pop, realizado em Agosto de 2016 contou com a apresentação de artigos e painéis com convidados do cenário da música local e pesquisadores nacionais, assim como, interações e angulações com a Rádio Unisinos através do programa Divã POP. Algumas dessas discussões estão tematizadas nessas duas coletâneas que trazem reflexões para os atores desse cenário tão carente de pesquisas e de dados. O volume I concentra artigos que trabalham as questões sobre Cenas Musicais, Indústrias Criativas e Cidades; enquanto o volume II discute questões pertinentes às Materialidades, Redes e Arquivos.

Frank Jorge (em apresentação ao livro)


 Mais ensaios sobre Cultura Pop pela Marca de Fantasia
Blogs: cultura convergente e participativa
Ricardo Oliveira
A inovação da mídia digital de forma colaborativa e convivial.
Jornalistas no cotidiano das redes digitais
Marina Magalhães
A interação dos jornalistas de cultura por intermédio das redes digitais.
A cultura underground nas páginas do jornalismo cultural
Andréa Karinne Albuquerque Maia
Estudo sobre a inserção da cultura underground no Jornal Correio da Paraíba.
Mimesis & simulação: estudos narrativos transmídia I
Marcelo Bolshaw Gomes.
A pulp fiction de Guimarães Rosa
Braulio Tavares
O fantástico na obra de Guimarães Rosa.


Marca de Fantasia
Dezembro de 2017

  Editor: Henrique Magalhães
  Rua Maria Elizabeth, 87/407 João Pessoa, PB. Brasil. 58045-180
  Tel.: (83) 998.499.672

  
  Pedidos por transferência ou depósito bancário:
  Banco do Brasil.
  Agência 1619-5, Conta 41626-6.
  Envie por e-mail cópia do comprovante de depósito e o endereço para entrega.

  Contato: marcadefantasia@gmail.com
  www.marcadefantasia.com