Editor: Henrique Magalhães
Rua Maria Elizabeth, 87/407
João Pessoa, PB. 58045-180
Brasil
Tel: (83) 998.499.672

Pedidos por transferência ou depósito bancário:
Banco do Brasil
Agência 1619-5
Conta 41626-6.

Envie por e-mail cópia do comprovante de depósito e o endereço para entrega.

Contato
marcadefantasia@gmail.com
www.marcadefantasia.com

Abril de 2017

Quadrinhos e totalitarismo

Quadrinhos e totalitarismo:
V de Vingança, Watchmen e El Eternauta

Douglas Pigozzi
Série Quiosque, 47
Paraíba: Marca de Fantasia, 2017. 121p. Digital. R$5,00.
ISBN 978-85-67732-71-8

Este livro é baseado na dissertação de Mestrado de Douglas Pigozzi defendida na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, sob a orientação do Professor Doutor Waldomiro Vergueiro. A primeira parte do texto tem uma abordagem mais teórica acerca dos meios de comunicação de massas e de uma noção sobre o que é o pensamento (e prática) anarquista; a segunda é uma análise das relações entre as graphic novels V de Vingança, Watchmen e El Eternauta com as práticas sociais totalitárias.

O objetivo é promover uma reflexão acerca do modo como as histórias em quadrinhos podem auxiliar e enriquecer análises sobre o mundo contemporâneo e, neste caso, em específico, refletir de que modo um indivíduo ou uma fração de classe social ou, até mesmo, uma classe social exerce um controle sobre toda a sociedade civil por meio de condutas autoritárias e repressivas, no contexto ficcional destas histórias em ambientes totalitários.

Afinal, as graphic novels V de Vingança e Watchmen (ambas do roteirista Alan Moore) e El Eternauta (do roteirista Héctor Gérman Oesterheld) possuem um conjunto de simbologias e de noções políticas que auxiliam nas análises sobre a problemática do autoritarismo extremo.

Desse modo, busca-se apresentar a produção quadrinística como elemento enriquecedor do debate de temas da maior importância e complexidade do mundo social e político contemporâneo, atentando para o fato de que os quadrinhos não possuem, simplesmente, apenas uma função de entretenimento ou lazer do leitor, mas sim de reflexão acerca do mundo atual. (Circular a partir da apresentação da obra)

   Mais Maria pela Marca de Fantasia
Miracleman: um outro mito ariano
Márcio Salerno
Análise sobre o personagem baseada nos conceitos de Nietzsche.
Watchmen e a teoria do caos
Gian Danton
Análise da obra de Alan Moore.
O escudo manchado: um herói em tempo de guerra
Daslei Bandeira
As transformações do Capitão América e sua relação com as guerras.
Codinome V: o herói em V de Vingança
Victor S. Pinheiro
A tranformação dos quadrinhos com o advento das graphic novels.
Das nuvens ao asfalto: construção da realidade em "Alias: codinome investigações"
Marcelo Soares.
Análise sobre a renomada série em quadrinhos.